Tudo sobre aviso prévio na Unicont

AVISO PRÉVIO INDENIZADO X TRABALHADO

Antes de entender a diferença entre aviso prévio trabalhado e indenizado, é preciso saber que o avisos prévios em geral são dados pelo empregador no momento em que demite um funcionário.

Ou ainda quando o funcionário pede demissão da empresa. 

Tais situações serão expostas à frente. 

Assim, após tal introdução, vamos às diferenças.

AVISO PRÉVIO INDENIZADO

O aviso prévio indenizado é quando o empregador anuncia a demissão e o funcionário não deve continuar a trabalhar por nem mais um dia.

Portanto, recomendamos que a empresa entregue a carta rescisória no horário de saída do funcionário, para que não cause grandes constrangimentos e para que o funcionário não continue trabalhando o resto do expediente.

Após a entrega da carta, são previstos 10 dias para o empregador pagar todas as verbas rescisórias, incluindo o valor de um salário mensal integral.

OBSERVAÇÃO:

Quando é o empregado que pede demissão, ele deve cumprir o aviso prévio (30 dias) da mesma forma.

Caso seja descumprido o funcionário tem o valor dos dias não trabalhados descontados das verbas rescisórias.

Tal fato acontece, pois o funcionário vai ter deixado a empresa desfalcada sem dar tempo para ela se reorganizar.

É importante colocar um “porém” nessa situação.

Se no período do aviso prévio o funcionário encontrar outro emprego, ele não é obrigado a terminar de cumprir o aviso e a empresa não poderá descontar o valor de sua rescisão.

Tudo sobre aviso prévio na Unicont
Saiba escolher o aviso prévio com a Unicont!

AVISO PRÉVIO TRABALHADO

O aviso prévio trabalhado quer dizer que o funcionário deve continuar a trabalhar por mais 30 dias depois de receber a carta de demissão.

Contudo há ressalvas, caso o trabalhador esteja na empresa há mais de um ano, deve cumprir 03 dias a mais de aviso para cada ano trabalhado.

Tal valor não pode superar 90 dias de aviso prévio trabalhados.

Por ser trabalhado, os 30 dias não sofrem indenização, apenas o salário normal.

Contudo, caso ultrapasse 30 dias de aviso pela questão de ter trabalhado mais de 01 ano na empresa, esses dias extras serão indenizados.

Por fim, durante o aviso prévio o empregado tem direito a sair 2 horas antes todos os dias ou faltar os últimos 7 dias corridos, sem ter desconto no salário.

O motivo disso é dar a oportunidade para o trabalhador arrumar outro emprego.

CONCLUSÃO

Assim, é muito importante decidir qual aviso dar com cuidado.

E quando decidido, deve ser cumprido da forma correta, de maneira a não causar problemas para o empregador e nem para o empregado.

Portanto, para garantir que saia tudo corretamente, recomendamos que consulte um contador de confiança.

 

UNICONT CONTABILIDADE, HÁ MAIS DE 20 ANOS NO MERCADO.

FONE: (11) 9 6913-4128/ (11) 9 3043-6681/ (11) 9 4295-8771

 FACEBOOK: Unicont Contabilidade

 INSTAGRAM: @unicontcontabil

 YOUTUBE: UNICONT CONTABILIDADE

 

Escrito por Giovanna Ramos Villegas.