QUEM PODE SER SÍNDICO PROFISSIONAL? QUANTO GANHA?

Quem pode ser síndico profissional?

 

O cargo de síndico costumava ser ocupado pelo próprio morador do prédio, contudo nos últimos tempos essa situação tem se modificado e a contratação de um profissional na área tem se tornado cada vez mais comum.

O síndico profissional é aquele que possui conhecimento sobre a administração de um condomínio, que tem noções básicas de manutenção, um espírito de liderança e que seja empenhado em atender ao próximo.

Portanto, não é uma tarefa simples.

Dito isso, vamos à questão principal.

QUEM PODE SER UM SÍNDICO PROFISSIONAL?

Primeiro é importante ressaltar que é no Código Civil, no Art. 1347, que a possibilidade de contratação de um síndico que não seja residente no condomínio é definida.

“Art. 1347- A assembleia escolherá um síndico, que poderá não ser condômino, para administrar o condomínio, por prazo não superior a dois anos, o qual poderá renovar-se”.

Sendo assim, o único requisito para poder ser um síndico é ter mais de 18 anos de idade e ter sido escolhido pela assembleia do condomínio.

Contudo, para ser um síndico profissional você precisará mostrar para a agência administradora de condomínio e para o próprio condomínio, que é qualificado para tal, por esse motivo existem cursos capacitantes.

Para que você possua relevância no mercado, é de suma importância que faça um curso de qualidade, que de fato lhe de as habilidades para lidar com as dificuldades que um condomínio apresenta.

Assim, escolha instituições de confiança.

RESUMO: para ser um síndico profissional deve ter mais de 18 anos, ter sido escolhido pela assembleia do condomínio e ser qualificado por meio de um curso capacitante.

QUANTO GANHA UM SÍNDICO PROFISSIONAL?

Após você se certificar de que está apto para exercer essa função é hora de descobrir se o salário te agrada.

O salário pode variar muito, pois tudo depende do padrão do condomínio.

Por exemplo, em um prédio de tamanho médio em São Paulo, o salário pode ser, em média, de R$2.000 a R$3.000.

Porém, se for em um condomínio de grande porte esse valor por alcançar de R$5.000 a R$7.000.

É preciso se atentar e não se iludir, pois tais valores variam muito de acordo com o tamanho do local e com a região em que se localiza o condomínio. 

CONCLUSÃO

Ser um síndico profissional pode ser bastante vantajoso, pois é uma profissão que permite certa liberdade, já que não é regulamentada e raramente o profissional tem carteira assinada.

Assim, dá para ser síndico em diversos prédios e receber uma boa renda mensal.

Contudo, nem tudo são flores.

É um trabalho que precisa de tempo e atenção, pois você estará lidando com um ambiente residencial, no qual os moradores buscam eficiência e paz.

Dito isso, frisamos a importância de ser qualificado para realizar a função e buscar instituições de ensino confiáveis  para tal. 

 

UNICONT CONTABILIDADE, HÁ MAIS DE 20 ANOS NO MERCADO.

FONE: (11) 9 6913-4128/ (11) 9 3043-6681/ (11) 9 4295-8771

 FACEBOOK: Unicont Contabilidade

 INSTAGRAM: @unicontcontabil

 YOUTUBE: UNICONT CONTABILIDADE

 

Escrito por Giovanna Ramos Villegas.